Como economizar em seu casamento?

duke-1

Olá pessoal!

Sempre recebo aqui no blog uma série de pedidos de dicas sobre como economizar na hora de planejar um casamento.

Em 2013 tive que viver na prática essa situação quando organizei o casamento dos meus primos Taty e Carlos Vilela. Tive que pensar em soluções práticas, econômicas, porém muito elegantes para compor o evento.

Afinal, em tempos de crise, economizar sempre é bom. Mas a economia não significa deixar de ter uma cerimônia perfeita para o casal, certo?

Na ocasião, relatei tudo que fiz, o que deu certo e o que deu errado no post “Casamento perfeito e viável!”.

Mas agora, para contribuir com nossa meta de economia no grande dia, a PROTESTE – Associação Brasileira de Defesa do Consumidor, publicou um Guia do casamento.

Segundo o site da Associação, “a publicação virtual Guia do Casamento, com 50 páginas, aponta possíveis armadilhas e dá dicas e orientações para que o sonho do casamento se realize sem dores de cabeça para os noivos”.

PARA FAZER O DOWNLOAD DO GUIA DO CASAMENTO CLIQUE AQUI:

tmpf656

GUIA DO CASAMENTO

Mas vale lembrar algumas dicas básicas que todo organizador de casamento que preze pela economia deve considerar:

1- Muitas vezes vale a pena contratar um assessor ou cerimonialista para seu grade dia. Afinal, como esses profissionais fazem muitos casamentos, eles podem contratar serviços em grande escala e garantir menores custos e descontos.

2 -Casal de amigos. Essa dica vale para divisão de custos. Se você conhece algum casal que fará seu casamento um dia antes ou após o seu, proponha dividir os custos com itens básicos como estrutura, mesas, som e etc. O aluguel desses artefatos pode ficar bem mais barato.

3- Escolha do dia: procure por datas que não sejam habituais para casamentos. O mês de maio (mês das noivas), por exemplo, é um péssimo mês para casar pois é a alta temporada dos casamentos e os preços ficam muito altos.

4- Na hora de escolher o vestido, há a opção de comprar um pronto, alugar ou mandar fazer. Qualquer uma das três opções pode ser muito boa ou muito ruim. Comprar um, na China, por exemplo pode sair muito barato, mas ele pode demorar a chegar, ter frete caro e ainda não servir. Alugar pode ser uma boa opção se o vestido estiver bem conservado e se o preço do aluguel for justo. Mas já vi lojas alugando vestidos a preços de venda. E mandar fazer pode ser uma boa opção se sua costureira for barateira e excelente. Mas as vezes não vale a pena correr o risco de ter um vestido mal feito simplesmente pelo fato de querer um vestido exclusivamente feito para você.

5- Decoração. A primeira regra é: apele para amigos e familiares. Se tem alguém na sua família com dom para artes, agarre! Mão de obra é necessária nessa parte do processo. E se a decoração for com flores, aproveite as flores da estação e compre em locais de grande oferta como Holambra e os preços sairão bem mais em conta.

6- Bebidas: a primeira dica aqui é pedir para seu cerimonialista comprar. Assim ele garantirá melhores preços. Mas se você conseguiu um casal de amigos que casará em uma data próxima, também compensa sugerir que a compra seja feita de forma única. Assim a maior quantidade garantirá melhores preços.

7- Comidinhas: a escolha tem que ir além do preço. Claro que para o casamento ser legal você deve servir itens de boa qualidade e saborosos. Porém acho que o cardápio tem que fazer o gosto do casal. Então se os noivos gostam de comida vegetariana, há que se ter opções vegetarianas independente do preço. Então, dentro das preferências de cada um, opte sempre pelas especialidades da região onde o casamento será feito e pelos alimentos da estação. Isso reduzirá um pouco os custos.

8 – PLANEJE! Um orçamento bem feito e planejado pode garantir que o casal não saia gastando dinheiro em excesso na hora de organizar a cerimônia. Nada de comprar tudo só porque é bonitinho. Lembre-se que o mercado de casamentos oferece muitas opções e novas tecnologias que podem ser inúteis e custar muito caro. Então defina com antecedência o que vai querer no grande dia e compre somente esses itens.

Para esse planejamento vale utilizar algumas planilhas como as que o Planeta Casório disponibilizou e quem servem para listar seus convidados, definir etapas da organização, elencar o orçamento, controlar os fornecedores e etc.

FAÇA O DOWNLOAD DAS PLANILHAS AQUI

Essas são apenas algumas dicas para ajudar os casais na escolha das melhores e mais econômicas opções para o dia do seu casamento. Mas a maior dica que posso dar é PESQUISE COM ANTECEDÊNCIA.

Há fornecedores de todos os tipos, preços e para todos os gostos. Portanto quanto antes o casal começar a organizar, mais tempo terá para pesquisar e escolher o fornecedor ideal.

O tempo também garante que o casal que vai casar em 2016, por exemplo, consiga preços de 2015 sem reajuste, se começar a organizar seu casamento agora. Aliás, sugiro no mínimo um ano para o início dos preparativos, ok?

E quem quiser mais dicas, achei um blog bem legal que pode ajudar muito. Ele se chama Casando sem Grana. Apropriado para nossa situação, né?

Espero que o post tenha sido útil. E quem tiver dicas, críticas, sugestões ou fotos de casamentos lindos e viáveis financeiramente, mandem para o Blog Menina de Negócios!

E BOA SORTE PRA GENTE!

Anúncios

Poste aqui sua dúvida, comentário, crítica ou sugestão. E seja muito bem vindo (a) ao blog Menina de Negócios. :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s