2014 FORA DO VERMELHO!

Sem Título-1

Não há nada pior do que começar um novo ano no vermelho, certo? Saber que temos dívidas e que temos alguns meses para pagar é um situação até comum, porém iniciar o ano já com dívidas costuma desanimar bastante gente.

Então, pra quem recebeu o 13º salário, um bônus de natal, ou qualquer outro tipo de dinheirinho surpresa, conscientize-se para não torrar tudo em dezembro e começar o mês de janeiro zerado.

Seguem algumas dicas para evitar o caos financeiro no início de 2014:

1 – Não se esqueçam que no começo do ano existem gastos com IPVA, seguro de carro, IPTU, materias escolares e etc. Então já se prepara para gastar quase que um terço a mais do que em meses comuns. (OU ATÉ MAIS!)

2 – Não se esqueçam que é época de férias e aumentam os passeios, compras supérfluas e etc.

3 – Se você já tiver se preparado no meio do ano para viajar, fique tranquilo mas guarde um pouco a mais para comprinhas de última hora. Mas se deixou pra organizar sua viagem agora, prepara-se para preços altíssimos!

4 – DICA DA REVISTA EXAME: O CFP, planejador financeiro certificado pelo Instituto Brasileiro de Certificação de Profissionais Financeiros (IBCPF), Syllas Ramos, ressalta que, “se o saldo em 31 de dezembro estiver negativo, esse débito terá de ser informado na declaração de imposto de renda do ano seguinte”.

Isso porque saldos negativos não devem ser declarados no mesmo campo dos saldos positivos em conta corrente, e sim na ficha de Dívidas e Ônus Reais. Mas muita gente nem lembra, ou sabe, disso!

5 – Faça um orçamento natalino. Não porque é Natal que você tem que bancar o papai noel. E digo isso porque já cometi muito esse erro. Analise o quanto você pode gastar sem prejudicar seu início de 2014 e se atenha a esse valor. NÃO GASTE NEM UM CENTAVO A MAIS!

6 – PESQUISE! PESQUISE! PESQUISE! O mesmo produto pode ser encontrado em um milhão de lojas e com preços muito diferentes.

7- Ainda segundo a revista EXAME: “Quem faz a declaração completa do imposto de renda pode destinar até 12% de sua renda anual a um plano de previdência privada tipo Plano Gerador de Benefício Livre (PGBL) e abater o percentual na declaração de imposto de renda do ano seguinte”.

“Em dezembro, a pessoa deve analisar quanto falta para completar o montante de 12% e depositar os recursos no PGBL. Se só se lembrar disso em março, o benefício só valerá para o ano seguinte”, diz Syllas Ramos.

8 – Apostas! É claro que algum sortudo no mundo vai ganhar milhões na Mega Sena da virada e em outros jogos por aí. Porém a chance é pequena. Portanto, não há mal algum em fazer uma fezinha. Mas investir todo seu dinheiro em jogos pode resultar em um prejuízo monstro.

9 – Saldão de ano novo pode ser uma ótima oportunidade para comprar aquele produto que estava muito caro nos meses anteriores. Porém não vá sucumbir ao consumismo e comprar coisas desnecessárias. Compre só o que realmente precisa e lembre-se que promoções existem o ano todo! Essa não será sua última oportunidade.

10 – PRA FINALIZAR: Não entenda o 13º como um recurso a mais para gastar a toa. Esse é um dinheiro que, se possível, deve ser usado para quitar suas dívidas (depois de analisado caso a caso) ou deve ser investido. Ter economias é uma ótima forma de evitar transtornos.

TAMBÉM NÃO SE ESQUEÇAM QUE 2014 TEM COPA DO MUNDO, FERIADOS, ELEIÇÃO E VÁRIOS OUTROS MOTIVOS PARA GASTAR E PASSEAR. ENTÃO UM DINHEIRINHO EXTRA SERÁ MUITO BEM VINDO.

E BOA SORTE PRA GENTE EM 2014.

Anúncios

Poste aqui sua dúvida, comentário, crítica ou sugestão. E seja muito bem vindo (a) ao blog Menina de Negócios. :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s