COMPRA COLETIVA = PROBLEMAS EM MASSA

Sempre sugeri e continuo recomendando que as compras coletivas são uma ótima forma de aquisição de produtos. Afinal, a compra é simples: o vendedor consegue fazer um desconto maior tendo em vista o maior número de vendas e os usuários desfrutam desse desconto comprando em conjunto com várias pesssoas. SIMPLES ASSIM!

Mas é nesse meio de campo que se encontra o problema.

Muitos sites de compra coletiva, interessados apenas no lucro do número das vendas, fecham acordos com as empresas mais estranhas do planeta.

E é assim que os descontos viram um grande balde de água fria. Pois, uma escova progressiva de 200 reais, por exemplo, acaba saindo por 50 reais. Mas não pelo fator coletivo da compra, e sim pela falta de qualidade do salão de beleza.

Compras em restaurantes ruins, hotéis que só marcarão suas diárias para daqui um ano, academias de fundo de quintal, salões de garagem, produtos de segunda mão, já são quase a maioria entre os sites e andam  causando muita dor de cabeça para os usuários.

Segundo o Jornal da Globo, Só em 2011, foram registradas 45.898 queixas em um único site de reclamações pela internet, um número seis vezes maior do que no ano anterior, com 7.122 reclamações.

Então fica a dica: Não deixe de avaliar a seriedade do site de compras coletivas. E, mesmo que seja um site confiável, não se esqueça de ligar na empresa que vende o produto originalmente e verificar as condições exatas da venda como:

  • Qualidade do produto vendido e/ou utilizado
  • Prazo para uso de cheques de viagem
  • Prazo para utilização de passagens aéreas
  • Condições e horários para utilização de academias
  • Dias da semana que restaurantes, salões, escolas, cursos, etc, poderão te atender.
  • E demais detalhes que vocês acharem relevantes.

Assim podemos evitar algumas surpresas desagradáveis, mesmo que algumas outras sejam inevitáveis.

E se você já foi vítima de um dos quase 1500 sites de comércio eletrônico espalhados pelo país, basta registrar sua reclamação no site ou, em alguns casos, no PROCON.

Vale lembrar que, para evitar publicidade negativa, muitas vezes uma simples conversa com o próprio site já resolverá seu problema. Mas se não for o caso, recorra ao PROCON e avise a todos seus conhecidos para evitarem o SITE-PROBLEMA.

Vamos utilizar as redes sociais para informar e unir os consumidores, não somente em busca de descontos, mas de melhores aquisições e negócios.

BOA SORTE PRA GENTE! 🙂

Anúncios

Um pensamento sobre “COMPRA COLETIVA = PROBLEMAS EM MASSA

Poste aqui sua dúvida, comentário, crítica ou sugestão. E seja muito bem vindo (a) ao blog Menina de Negócios. :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s