SALÁRIOS NO TETO OU NA SARJETA?

Minha mãe já me dizia que eu deveria ser médica. Profissional independente que historicamente ganha muito bem. Mas é claro que resolvi seguir meu sonho, o que geralmente quer dizer: “resolvi fazer um curso que vai me tornar uma escrava disfarçada de assalariada” como já dizia o músico Jay Vaquer.

Piso e Teto salarial são os valores mínimo e máximo respectivamente, que cada profissional recebe pelo seu trabalho. Obviamente que há outras formas de emprego como os freelancers por exemplo, quando o valor é pago pelo serviço executado mesmo que temporariamente.

Sou formada em jornalismo e isso significa que meu piso salarial vai além do subsolo!

A jornalista Samira Calais sugeriu um post sobre esse tema e me mostrou um site muito legal. Chama-se SALARIÔMETRO!  Segundo a descrição do próprio site, “O SALARIÔMETRO calculará o salário médio dos admitidos nos últimos seis meses no mercado de trabalho formal, com carteira assinada.”

O MINISTÉRIO DA SAÚDE ORÇAMENTÁRIA ADVERTE: Os resultados podem ser bem desanimadores e acarretarem problemas de auto-estima e transtorno bipolar!

Assim, para quem ainda não arrumou um emprego ou pretende atualizar seu currículo e conseguir uma vaga com pretensão salarial mediana (no mínimo), o site Robert Half tem algumas dicas.

Foi lá que me cadastrei e tive acesso ao modelo de currículo mais fácil para atualizar o meu e a um Guia Salarial com salários médios praticados pelo mercado brasileiro para profissionais das áreas de finanças, contabilidade, seguros, bancos, engenharia, marketing, vendas e tecnologia.

O site Calculador.com ainda nos ensina como calcular o valor líquido que você receberá por mês. Ou seja, o valor que será recebido já descontando aqueles impostos mágicos como INSS e IRRF que fazem a mágica do desaparecimento com seu dinheiro.

Segundo o site, “Este cálculo demostra como obter um valor de salário líquido a partir do salário bruto. Ideal para quem está em busca de emprego e quer saber o valor ideal de uma pretensão salarial, ou para quem está negociação salarial em um vaga de emprego.”

Assim, não se conformem com sua situação atual se ela não for satisfatória para você e nem se intimidem pelos pisos salariais da sua profissão.

Sua profissão pode acusar baixos salários para A MAIORIA dos profissionais, mas o bom profissional que ama e sabe o que faz NÃO FAZ  PARTE DA MAIORIA!

Então boa sorte a todos!

Anúncios

Poste aqui sua dúvida, comentário, crítica ou sugestão. E seja muito bem vindo (a) ao blog Menina de Negócios. :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s