Plano de saúde: gasto ou investimento?

Essa semana precisei fazer uma consulta com um oftalmologista. O excesso de tempo em frente a computadores, TV, lendo livros e etc, chegava a me dar dores de cabeça e uma consulta foi a solução que encontrei. Chegando lá senti na pele o que sentem vários doentes pelo país.

Sem um plano de saúde (pois o meu, dependente do meu pai, foi cancelado quando completei 24) fui obrigada a aguardar horas até ser atendida. Acredito realmente que com o plano meu atendimento seria mais eficiente. Foi quando comecei a pensar se valeria ou não a pena adquirir um plano.

As taxas de cada plano variam de acordo com cada marca, idade do contratante e região do convênio.

E os preços variam muito!

Mas no fim das contas e depois de pesquisar muito, percebi que SIM! É um bom negócio investir em um plano. Você só precisa escolher o melhor para sua condição financeira.

Alguns convênios oferecem até uma opção onde a mensalidade é mais barata e em troca o usuário paga pequenas taxas a cada vez que usa o convênio.

Esse foi o plano que escolhi. E agora vou inserir essa despesa operacional na minha lista de passivos.  Planejando a minha vida financeira e separando os ATIVOS dos PASSIVOS será possível pagar o plano e garantir que surpresas médicas não comprometam todo meu em contas a orçamento

Aí vai uma dica de subcategorias dos ATIVOS e PASSIVOS:

ATIVOS:

  1. Contas a receber
  2. Investimentos financeiros
  3. Recebimentos extraordinários
  4. Ativos de longo prazo (aplicações com resgate superior a um ano)
  5. Ativos permanentes (bens adquiridos como imóveis)

PASSIVOS

  1. Despesas operacionais (gastos fixos, como o plano de saúde)
  2. Exigível no curto prazo (dinheiro gasto em prestações em até um ano)
  3. Reserva de capital (para eventualidades)
  4. Despesas extraordinárias (dinheiro para o supérfluo)
  5. Passivos de longo prazo (Financiamentos com vencimento superior a um ano)

O site SEGURO SAÚDE possui várias dicas sobre plano, vale a pena conferir.

Anúncios

Um pensamento sobre “Plano de saúde: gasto ou investimento?

  1. *Nice post. I discover some thing much harder on various blogs everyday. Most commonly it is stimulating to study content material from other writers and exercise a specific thing from their internet site. I’d opt to apply certain whilst making use of the content in this small blog whether or not you do not mind. Natually I’ll offer a link on your personal internet weblog. Appreciate your sharing.

    Curtir

Poste aqui sua dúvida, comentário, crítica ou sugestão. E seja muito bem vindo (a) ao blog Menina de Negócios. :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s